quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008

A COMUNICAÇÃO INTERNA

A comunicação interna é um sector planeado, com objectivos bem definidos, para viabilizar toda a interacção possível entre a organização e os seus empregados, usando ferramentas de comunicação institucional e até da comunicação de mercado.
A comunicação ajuda a construir o futuro e a desenvolver uma visão onde as pessoas participam juntas e se envolvem nos processos de mudança.
A comunicação interna é relevante para a sobrevivência das organizações. Uma empresa que não invista na comunicação planeada pode estar a deixar de alimentar uma fonte muito importante para o desenvolvimento dos seus negócios.

A comunicação interna tem como objectivos:
- Construir o futuro e desenvolver uma visão onde as pessoas participem juntas e se envolvam nos processos de mudança;
- Estimular o sentido de pertencer, o que gera comprometimento por parte dos empregados;
- Assegurar boas relações dentro da empresa, informar e motivar os funcionários;
- Manter um fluxo na comunicação organizacional;
- Criar uma envolvente favorável, estreitar laços nas relações hierárquicas internas;
- Transmitir uma boa imagem da empresa aos diversos públicos.

Tipos de comunicação interna:
- Comunicação descendente
A comunicação descendente faz parte da estrutura de dependência hierárquica. Parte da gestão de topo para baixo, através dos níveis superiores hierárquicos, até aos empregados. Tem a finalidade de informar, instruir e dirigir.
- Comunicação ascendente
Flui dos subordinados para os seus superiores com o objectivo de fornecer informações aos níveis de topo.
- Comunicação horizontal ou lateral
Estabelece-se entre os elementos de um grupo de trabalho ou entre elementos de grupos de trabalho, diferentes ao mesmo nível hierárquico e visa a comunicação entre pessoas que estão fora da cadeia de comando, proporcionando uma rápida cooperação e coordenação.
- Comunicação em diagonal
Fluxo de informação entre uma chefia funcional e elementos de outro grupo de trabalho quando ela exerce autoridade funcional. Visa o fluxo de informação entre especialistas de diferentes áreas funcionais em diferentes níveis de gestão.

Para que a comunicação interna seja eficaz deve apresentar as seguintes características:
- Regularidade, permanência
- Adequação aos públicos
- Transparência
- Participação, interactividade
- Simplicidade
- Convívio
- Rapidez
- Realismo
- Dinamismo
- Atractividade
- Isenção
- Fiabilidade

A empresa/organização poderá utilizar vários meios de comunicação interna, tais como:
- Imprensa empresarial
- Reuniões de serviço
- Seminários internos, reuniões gerais
- Cartazes internos
- Organigrama
- Relatório anual
- Revista de imprensa
- Manual de acolhimento
- Estágio de acolhimento
- Rede de correspondentes de comunicação
- Manifestações desportivas
- Concursos internos
- Audiovisual sobre a organização
- Cartas das chefias
- Apresentação inter-serviços
- Projecto de empresa
- Apadrinhamento, tutela dos novos funcionários
- Caixa de sugestões
- Jornal vídeo
- Painéis luminosos
- Transmissão de vídeo
- Jornal por telefone

Trabalho realizado pelos alunos do 11L
ESPBS, Joane